Relatos e Depoimentos de Alunos dos Cursos e Palestras de Mudras Terapêuticos

Centenas de pessoas já fizeram o Curso de Mudras Terapêuticos e temos recebido muitos relatos de alunos do curso. Destacamos abaixo alguns destes relatos:

"Tenho muita dor de cabeça, pois tenho sinusite. Às vezes chegava a tomar dois comprimidos por dia. Estou fazendo dois mudras e agora já não tomo nem um. É fantástico. Sento em posição de meditação. Entre 15 a 20 min. A dor some. Às vezes é quase automático. Eu estou já a uns dois meses sem tomar medicamento."

Maria Lúcia Augusto de Souza

"Fiz o mudra que vc recomendou para os olhos secos. Na realidade, estou fazendo enquanto corrijo redação... Fiz durante duas horas, sem parar. É incrível o resultado! As veiinhas dos olhos diminuíram significativamente! E posso ver maior umidade neles! Incrível!!!

Isso porque não consigo manter as duas mãos, porque uma tem que corrigir."

Paula Marchini Senatore

"Estava há mais de uma semana com o ouvido esquerdo tapado, o que reduziu bastante minha audição.

Ontem fiz o mudra indicado, não sei dizer por quanto tempo antes de dormir, na hora não senti diferença.

Acordei no meio da noite (o que é raro, sou uma pedra dormindo) daí ouvi um "tum" no ouvido esquerdo como se tivesse aberto, mas de manhã ainda não parecia ter melhorado.

Ao longo do dia fui ouvindo melhor e agora já está totalmente normalizado.

E só fiz uma vez! Muito efetivo."

Aline Tacon

“Eu estava com muita dor em um dos joelhos, que foi lesionado fazendo uma postura intensa de yoga. Fiz o mudra mukula por alguns minutos e depois aproximei as pontas dos dedos do joelho, mantendo por alguns minutos. A dor passou.”

Giselle Gibrin

“Todos na minha casa ficaram gripados. Eu cuidei de todos, mas não peguei a gripe, pois estava fazendo o mudra do sistema imunológico todos os dias. Ninguém acreditava que eu não iria pegar esta gripe, mas o mudra funcionou.”

Giselle Gibrin

"Entrei numa classe boa, mas que estava super agitada. Pedi que se sentassem confortavelmente e fizessem o mudra unindo polegar e dedo do meio (não lembro o nome). Em poucos minutos a sala acalmou e ficou um clima muito agradável. É uma sala que venho trabalhando relaxamento, entre outros, desde o ano passado; e pela primeira vez apliquei o mudra desta forma, adorei o resultado!"

Lara Salvador

"Meu filho quando fazia equitação, sempre voltava espirrando, depois do curso que fiz com você, ensinei o mudra para ele, já vinha fazendo no carro, chegava bem em casa!"

Lara Salvador

Uma vez estava em Porto Seguro com meus filhos, naquele passeio de escuna que vai no Recife, minha filha deve ter encostado em algo que deu uma reação alérgica na pele. Não tinha onde ir.... Fez o mudra e ficou bem!!! Uso esse direto, excelente."

Lara Salvador

"Eu estava com uma dor constante e forte no dedo indicador da mao direita. Era tão intensa que me tirava a força da mão, e não me permitia segurar nada com a mesma. Não conseguia abrir garrafas, segurar um prato... Fui ao médico, que disse tratar-se de artrite. Tomei remédio, mas a dor não passava. Fiz acupuntura, porém também não obtive resultado. Conversando com uma amiga, que havia feito o curso de mudras com você, interessei-me. Ela me ensinou o mudra indicado para articulação. Resolvi experimentar e, uma única vez  que  fiz, a dor sumiu completamente. Fiquei muito impressionada com o resultado. Resolvi também fazer o curso, e hoje utilizo os mudras quando tenho dor de cabeça, quando estou ansiosa... O alívio quase sempre é imediato."

Eliane Manzolillo

"Uma senhora de 63 anos com a pressão que não estava conseguindo controlar com remédios, fazendo uso de até 4 comprimidos por dia. A pressão chegava a 22/18
e estava indo ao cardiologista com muita frequência, sem resultados. Tinha risco de enfarte, começou a fazer Mudras, com muita resistência, pois não acredita (então não depende da pessoa acreditar ou não). Por insistência da minha parte resolveu fazer por 20 minutos sentou e eu sentei de frente dela e ficamos por 20 mim, aí já vi que ela estava mais calma. Na próxima vez sugeri medir a pressão e depois de 20 minutos, tinha baixado de dois a três pontos. Ela começou a fazer o mudra 15 minutos de manhã, 15 minutos à tarde e 15 minutos à noite. Depois de três meses de prática, a pressão está em 12/8 ou 12/7. O cardiologista foi diminuindo as doses e eliminando alguns dos remédios. Então no período que ela fazia com frequência e 15 minutos 3 vezes ao dia, normalizou a pressão. Acho que essa informação é importante por que se a pessoa faz com regularidade pode acontecer uma cura definitiva."

 

"Gostaria de deixar um relato de minhas práticas: tenho praticado o Mudra que você me recomendou com o fito de sanar o problema do bruxismo. A tensão nos maxilares afeta o músculo mastoideo, provocando dores que se irradiam pela cabeça toda, essa dor se estende por todo o dia, é um desconforto enorme! Desde que comecei a praticar o Mudra, as dores sumiram!! Para testar, fiquei 2 dias sem praticar e as dores voltaram. Voltei a praticar e já no dia seguinte não tive dores!!!!"

 

 

"Usei o mudra recomendado diariamente, por no mínimo 10 minutos para regeneração dos tecidos, utilizei por conta da retração da gengiva. Depois de alguns meses senti melhoras na gengiva e percebi também que a minha pele do corpo todo ficou mais bonita, a pele das axilas clarearam e os fios do meu cabelo caem menos!"

 

"No dia 13/06 participei da primeira parte do curso de mudras terapêuticos no Narayana. No dia 14 eu não pude participar da segunda parte porque tinha uma corrida de rua já agendada, e era em dupla. Como eu estava com problemas no joelho, perguntei à Miriam qual mudrá poderia utilizar para diminuir o desconforto. A indicação foi usar o SANDHI MUDRᾹ. Funcionou."

 

"Minha filha estava com dor de ouvido e eu falei para ela fazer este mudra para melhorar. Ela reclamou, mas acabou fazendo. Em poucos minutos ela veio pulando de alegria, pois a dor de ouvido tinha passado. Desde então sempre que ela sente algum mal estar, ela me pede um mudra para melhorar."

 

“Eu fiz este mudra todos os dias durante 2 semanas. Não mudei nada na minha rotina de alimentação ou exercícios físicos, mas emagreci 2 quilos”.

 

“Meu sobrinho estava resfriado e estava deitado na cama, fazendo este mudra. Quando meu cunhado perguntou o que ele estava fazendo, ele disse que era uma posição do dedo para melhorar e que ele já estava melhor.”

 

“Quando fiz este mudra, eu senti um calorzinho agradável na parte alta das costas. Achei que estava batendo sol nas minhas costas. Olhei para trás e não estava. Era o mudra mesmo que estava produzindo o calor. E ficou quente por um longo tempo.”

 

“Minha filha não estava conseguindo dormir por causa da tosse com muito catarro. Ela começou a fazer o mudra e em seguida parou de tossir, relaxou e dormiu.”

 

“Comecei a fazer o mudra kubera e senti minhas vias respiratórias se abrirem na hora. O efeito é imediato.”

 

“Minha colega de trabalho estava com muita cólica. Estava até com enjôo. Ensinei este mudra para ela. Ela se sentou e fez por uns 15 minutos. Depois voltou a trabalhar. Quando perguntei a ela sobre a dor, ela disse que ela tinha até se esquecido, pois não estava sentindo mais dor nenhuma.”

 

"Quando meu amigo viaja de avião, sente muitas dores nas costas. Mostrei para ele o mudra indicado para isto. Ele fez uma foto das mãos. Voltou da viagem dizendo que funcionou. Ele viajou bem e não teve dor nas costas."

 

"No final do primeiro semestre, um aluno reclamou de dor de cabeça forte, falei para ele fazer o mudra, fez não acreditando, achando esquisito... e em menos de 2 minutos, ele se "assustou": passou! Fiquei impressionada com a rapidez da resposta."

“Um aluno de yoga me disse que só consegue fazer bem as posturas de equilíbrio quando praticamos mudras no início da aula.”

 

“Senti todo meu corpo se refrescar, como se eu tivesse recebido um spray de água fresca no corpo.”

 

 ​​© 2019 by BrProg.com & Miriam Barros

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Lei 9.610/98

  • w-tbird
  • w-facebook