Mudra ou Mudrá

Mudrā é uma palavra originária do Sânscrito, um idioma antigo da Índia. Em Sânscrito, mudrā é um substantivo feminino. Em português, esta palavra tem sido usada no masculino por muitos mestres, o que consagrou seu uso desta forma no nosso idioma.

 

A grafia desta palavra em Devanagari, o alfabeto tradicional Sânscrito, é:

 

 

 

 

 

 

Para facilitar a leitura do Sânscrito, as palavras são  transliteradas, ou seja, escritas no alfabeto ocidental. A transliteração desta palavra é “mudrā”. O traço sobre a letra ā indica que, na pronúncia em sânscrito, esta vogal é longa. Portanto, a pronúncia correta não é “mudra” e nem “mudrá”, mas sim “mudraa”, o que significa que a vogal “a” tem o dobro do tempo da vogal “u”.

 

Mudrā é uma palavra com muitos significados em Sânscrito.  Alguns dos significados são gesto, símbolo ou selo.

Decompondo a palavra nas duas raízes verbais que a formam, temos:

Mud – significa encanto, satisfação, força, poder

Rati – significa dar, oferecer, outorgar

Assim, mudrā é um gesto que oferece encanto, satisfação, força ou poder ao seu praticante.

 

Ao realizar a prática de mudras, sentimos um grande bem estar físico e mental e podemos constatar a veracidade deste significado.

 

Miriam Regina Xavier de Barros

 

Bibliografia:

1. Pedro Kupfer, "Mudrá Gestos de Poder", Ed. Fundação Dharma

2. Emily Fuller Williams, "Mudras - Ancient Gestures to Ease Modern Stress", Ed. Parenting Press

 ​​© 2019 by BrProg.com & Miriam Barros

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Lei 9.610/98

  • w-tbird
  • w-facebook