Mudras para Aprendizado e Memorização

 

        

 

 

 

 

 

Aprender e memorizar novos conceitos são dois grandes desafios para muitos estudantes. Isto está relacionado com a dificuldade de manter a concentração, ou seja, o foco mental em um assunto. Em geral nossa mente está ocupada com muitas questões ao mesmo tempo e não há espaço para conceitos novos. Quando a mente está realmente concentrada no assunto que está sendo apresentado ou lido, o aprendizado é muito rápido e a memorização se torna muito mais fácil.

A grande questão é: como se pode conseguir aumentar a capacidade de concentração?

 

O Yoga tem um recurso que ajuda a melhorar a concentração e é muito simples e eficaz: a prática de mudras. Mudras são posturas realizadas com as mãos que favorecem um equilíbrio dos fluxos de energia no nosso corpo, pois permitem a união das extremidades dos meridianos de energia corporais.

 

O mudra Jnana, mostrado abaixo, equilibra o sistema nervoso, evitando que a energia mental se disperse e com isso, melhora a concentração e a memória. Ele ativa o cérebro, combatendo letargia e sonolência.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Neste mudra, unimos o indicador e o polegar, deixando os outros dedos relaxados ou estendidos. Este mudra pode ser realizado com uma ou as duas mãos, enquanto estiver assistindo aula, lendo ou estudando, pois irá contribuir para manter a mente alerta e melhorar a concentração.  Ele pode ser usado também para ajudar a despertar pela manhã, pois tem uma atuação estimulante.

 

O cansaço e o sono são fatores que podem dificultar a concentração. Assim, para um aprendizado eficiente é bem importante ter tido uma boa noite de sono. O mudra Vayu Shamak, mostrado na figura abaixo, é um mudra relaxante que combate insônia e ajuda a dormir bem à noite.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para realizar este mudra, devemos colocar a ponta do polegar sobre a unha ou a segunda falange do dedo indicador. Este mudra pode ser realizando à noite, na hora de ir deitar-se ou caso acorde durante a noite. 

 

Muitas vezes aprendemos os conceitos, mas temos dificuldade de nos lembrar deles, quando precisamos. O mudra Hakini ativa a memória, pois equilibra o funcionamento dos dois hemisférios do cérebro. Assim, a prática deste mudra ajuda a lembrar dos conceitos aprendidos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para realizar este mudra, unimos as pontas dos dedos das duas mãos, par a par, ou seja, polegar com polegar, indicador com indicador e assim por diante. Não é preciso aplicar pressão entre os dedos, apenas tocar levemente. Este mudra pode ser realizado no momento de fazer as tarefas ou durante a avaliação, cada vez que temos dificuldade de lembrar de algum conceito. Após um curto intervalo de prática, é possível ativar a memória e relembrar os conceitos que estavam esquecidos.

 

Mesmo quando aprendemos os conceitos, a preocupação ou tensão pode nos impedir de utilizá-los no momento em que é necessário. Um caminho para tranquilizar a mente é aprofundar a respiração. O mudra Kubera, mostrado abaixo, melhora a respiração, ajudando a aprofundá-la.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para realizar este mudra unimos o polegar com o indicador e o dedo médio, se possível em ambas as mãos. Os dedos anelar e mínimo ficam dobrados na palma da mão. Podemos praticar este mudra minutos antes de realizar uma avaliação, pois além de nos deixar mais tranquilos, este mudra ajudará a deixar a mente mais focada no assunto da prova.

 

Todos os mudras apresentados podem ter seus efeitos potencializados se procurarmos inspirar e expirar lenta e profundamente, durante alguns minutos e depois deixamos a respiração livre, procurando observá-la. Este exercício ajuda a acalmar a mente e favorece a concentração.

A realização dos mudras com as duas mãos também potencializa seus efeitos. Porém caso esteja com uma das mãos ocupadas, pode realizar com uma das mãos e receberá o efeito do mudra.

Durante a realização do mudra, é interessante mentalizar o objetivo para o qual estamos realizando a prática, por exemplo, “eu consigo aprender rapidamente”, “eu memorizo os conceitos facilmente” ou “eu tenho um bom desempenho na avaliação”.

 

Boa prática!

 

 

Miriam Regina Xavier de Barros

Ana Laura Xavier da Silva

 

 ​​© 2019 by BrProg.com & Miriam Barros

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Lei 9.610/98

  • w-tbird
  • w-facebook